Morre Carlos Alberto Torres; Santos FC decreta luto oficial de três dias

Morreu, na manhã desta segunda-feira (25), o capitão do Tri Mundial da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Torres, aos 72 anos. A morte do Capita, como era conhecido, pegou a todos de surpresa, já que ontem ele esteve no programa Seleção SporTV, onde atua como comentarista.

Carlos Alberto Torres com a camisa do Santos FC (Foto: Acervo/GazetaPress)

Carlos Alberto Torres com a camisa do Santos FC (Foto: Acervo/GazetaPress)

O ex-lateral direito defendeu o Santos Futebol Clube durante 10 anos. Capita era conhecido pelo estilo de jogo elegante e com forte liderança, atingindo a marca de 40 gols pelo Alvinegro Praiano.

Foram 445 jogos pelo Santos FC e muitas conquistas: 5 Campeonatos Paulistas (965, 1967, 1968, 1969 e 1973); 2 Campeonatos Brasileiros (1965 e 1968); 1 Torneio Rio-São Paulo (1966) e 1 Recopa Sul-Americana (1968).

Na SporTV, o Capita sempre demonstrava preocupação com o futuro da Seleção Brasileira e defendia a volta do futebol com classe, técnica e elegância.

Uma das frases marcantes de Carlos Alberto Torres é: ‘Eu tinha operado as Amígdalas e não conseguia falar, ai me convidaram pra jogar no Santos, naquele momento eu passei a falar na hora”.

O Peixe publicou uma nota oficial e decretou luto oficial de 3 dias: http://www.santosfc.com.br/2016/10/santos-fc-lamenta-o-falecimento-do-idolo-carlos-alberto-torres/.