Conselho Deliberativo vota balanço financeiro de 2016 nesta quinta (23)

O Conselho Deliberativo do Santos Futebol Clube se reúne nesta quinta-feira (23), às 20h, em Sessão Ordinária, para apreciação, debate e votos do parecer do Conselho Fiscal sobre as demonstrações financeiras de 2016, no salão Vidal Behor Sion, na Vila Belmiro. Além disso, na ordem do dia consta: leitura, discussão e votação da ata da reunião anterior; comunicações da mesa; e assuntos de interesse do Peixe.
Conselheiros votam contas do Santos FC nesta quinta (Foto: Bruno Giufrida)

Conselheiros votam contas do Santos FC nesta quinta (Foto: Bruno Giufrida)

O Conselho Fiscal do Santos FC já indicou ao CD a aprovação sem ressalvas das contas do presidente Modesto Roma Júnior, relativas ao ano de 2016. Foram avaliados os gastos e também um parecer elaborado por uma empresa de auditoria independente.
 
Segundo relatório, o Alvinegro ficou abaixo do limite de endividamento, tendo 8,53%. Este número está estabelecido no estatuto do clube que é 10% da receita orçada.
 
 
Alerta
 
Mas as coisas não estão tão fáceis do jeito que parecem. Alguns problemas da administração persistem, como o contrato de Pessoas Jurídicas (PJ), pois há possibilidade de ações posteriores na Justiça para o reconhecimento de vínculo empregatício e direito trabalhista, que já foi alertado e a administração nada fez para resolver, até o momento. Outra coisa que não mudou foi a ligação entre o Santos FC e empresários de atletas e de integrantes da comissão técnica, ou seja, o que foi recomendado diminuir, aumentou.
 
Por outro lado, os processos trabalhistas e cíveis contra o clube diminuíram e isso ajudou um pouco o balanço financeiro.
 
O Santos antecipou as cotas do Estadual de 2017 junto à Federação Paulista de Futebol, embolsou R$ 6 milhões e fez um empréstimo bancário de R$ 10 milhões. A folha de pagamento, comparada com a de 2015, apresentou uma redução de 18,95% no número de funcionários, mas cresceu em 21,34% nos valores pagos.