Santos Tsunami premia melhores do ano de 2016

O Santos Tsunami realizou a premiação dos melhores do ano de 2016, na última quinta-feira (26), no Salão de Mármore do clube. O evento organizado pelo presidente do time, Antônio Júnior, contou com a presença dos amantes do futebol americano.

Santos Tsunami premiou melhores de 2016 (Foto: Alexia Faria/Alvinegro da Vila)

Santos Tsunami premiou melhores de 2016 (Foto: Alexia Faria/Alvinegro da Vila)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foram 10 categorias que contaram com melhores novatos, melhor jogador (ambos de ataque e defesa), jogador revelação de 2016, revelação da comissão técnica, atleta convocado para a Seleção Brasileira e Prêmio Extracampo 2016.

Confira os ganhadores:
Melhores novatos: Renan Carduz (ataque) e André Camillo (defesa);
Melhor jogador do ataque: Caio Forjas; Defesa Yuri Remião;
Jogador Revelação de 2016: Amilcar Neto, Özil;
Revelação da Comissão Técnica: Erick Furlan;
Atleta Convocado para a Seleção Brasileira: Matheus Furlaneto;
Prêmio Extracampo: Amilcar Neto, Özil.

Ao receber sua homenagem, Furlaneto mostrou que sozinho não conseguiria chegar tão longe, e disse algumas palavras que emocionaram o coach Elimar Filho: “A maior parte deste prêmio é do Elimar! Sem ele eu não chegaria onde cheguei, sempre me ajudando nas minhas dúvidas. Só tenho a agradece-lo”.

Houve também outras homenagens tituladas como “Dedicação ao Santos Tsunami”, essa categoria foi dividida entre duas pessoas que ajudaram a equipe em sua trajetória.

O primeiro nome homenageado foi o Daniel dos Santos, o Ukla. “Ele deu seu sangue pelo time. Fez de tudo por nós”, comentou o presidente Antônio Jr. Outro homenageado foi o Kaio Coelho, o Pichu. Ele entrou no time em 2011 com 15 anos e no mesmo ano fez história no time. “Ele tinha apenas 15 anos e fez a maior corrida do Tsunami contra o Corinthians naquele ano”, completa Elimar Filho, head coach do time.