Santos FC tem aumento de R$ 43 milhões na valorização da marca

Mesmo com diversos problemas no setor financeiro, a marca do Santos FC teve uma valorização de cerca de R$ 43,6 milhões, em relação a 2015. É o que aponta a nona edição do estudo anual de Valor das Marcas dos Clubes Brasileiros, apresentado pela BDO Brazil.

Apesar do crescimento na marca, o Santos FC está apenas na nona posição, de 34 clubes brasileiros (Foto: Reprodução/BDO)

Apesar do crescimento na marca, o Santos FC está apenas na nona posição, de 34 clubes brasileiros (Foto: Reprodução/BDO)

Desde que Neymar se transferiu para o Barcelona-ESP, as gestões que estiveram no comando do Peixe encontraram dificuldades para melhorar a marca. A falta do patrocínio máster, a quase inexistente renda de bilheteria e o alto valor gasto com o departamento de futebol, fizeram com que as dívidas aumentassem significativamente e, de certa forma, impediu uma valorização maior do clube.

Apesar de sérios problemas administrativos, o Santos consegue apresentar equipes competitivas, sempre com participações nas fases mais agudas dos campeonatos nacionais. Devido a visibilidade gerada pelos jogos decisivos, vagarosamente, a marca do Alvinegro apresenta evolução.

Ranking dos últimos anos (Foto: Reprodução/BDO)

Ranking dos últimos anos (Foto: Reprodução/BDO)

Diante dos dados cedidos pela BDO, em que é possível notar um aumento quase que insignificativo, pode-se concluir que esse crescimento na valorização da marca só não é maior por conta da falta de capacidade dos gestores responsáveis por trabalhar e alavancar a marca do Santos FC.

É importante ressaltar que esses relatórios são utilizados para ajudar na definição do valor de uma empresa em negociações e também servem como reflexo da imagem do clube, traduzida na qualidade do elenco e receitas.