Família de torcedor morto atropelado por goleiro faz passeata por justiça nesta terça (18)

Familiares e amigos de Matheus voltam ao local do acidente para novo protesto nesta terça-feira (Foto: Paulo Tavares/G1)

Familiares e amigos de Matheus voltam ao local do acidente para novo protesto nesta terça-feira (Foto: Paulo Tavares/G1)

A família de Matheus da Silva Nascimento, 17 anos, morto atropelado pelo goleiro Raphael Aflalo, 20 anos, realiza nesta terça-feira (18), uma passeata pacífica, clamando por justiça. A concentração acontece às 8h, em frente à PoupaFarma, localizada na esquina da Avenida Epitácio Pessoa com a Rua Alexandre Martins.

Além da tristeza pela perca do jovem ambulante, que ajudava o padrasto a levar o carrinho de trabalho para o estacionamento antes do acidente, os familiares e amigos seguem revoltados, já que Aflalo responderá por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Parentes afirmam com clareza que “Não foi acidente, mas sim, assassinato”.

“Está sendo muito duro. Arrancaram um pedaço da nossa família. Era um rapaz alegre e que tinha a vida inteira pela frente”, afirmou a tia Luciana Félix de Souza.

O jovem era santista fanático e fazia parte da Torcida Jovem do Santos, enquanto Raphael chegou a ser campeão da Copa São Paulo pelo Corinthians, mas se desligou recentemente, por fim de contrato. Atualmente, o goleiro atuava no Santos B. A assessoria do Santos FC alegou que o atleta não tinha contrato com o clube.

“Para esclarecimento, conforme solicitado, o Santos FC informa que o jovem Raphael Aflalo não possui nenhum vínculo contratual com o Santos FC e apenas estava em período de teste e observação na equipe do Santos B”, afirmou a assessoria.

O atropelamento ocorreu na tarde do último dia 9 e foi flagrado por câmeras instaladas nos arredores do local. É possível ver nas imagens, que a BMW conduzida por Raphael Aflalo estava em alta velocidade, maior do que os outros veículos que passavam pelo mesmo lugar. A velocidade máxima permitida onde houve o acidente é de 50km/h.

Ainda nesta terça (18), ocorre também uma missa, às 19h30, na Basílica de Santo Antônio, localizada à Avenida Bartolomeu de Gusmão, 32, no bairro do Embaré, em Santos.

Mais informações na página “Somos Todos Mattheus”.